terça-feira, 18 de maio de 2010

Isabel Allende e a paixão

"Nasci em tempos antigos, no fim do mundo, em uma família católica, patriarcal e conservadora. Não é por acaso que, aos cinco anos de idade, eu já era uma feminista extremista, embora o termo não tivesse chegado ao Chile ainda(...)."


Imperdível  este vídeo que me foi passado pela minha querida amiga Cris, no qual Isabel Allende, autora do maravilhoso A Casa dos Espíritos, fala sobre feminismo, força feminina, e nos ensina que somente os corações destemidos e determinados conseguem o que querem. Tudo é paixão.




"Eu preciso de não-conformistas, dissidentes, aventureiros, forasteiros e rebeldes que questionem, subvertam as regras e corram riscos. Pessoas boazinhas, com bom senso, não são personagens interessantes."

Um comentário:

  1. Ela é maravilhosa com esta capacidade de dizer todas estas coisas sérias e por vezes complicadas, de maneira absolutamente simples, assim como se uma amiga conversando no telefone. Escolha perfeita este video!

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar o Caraminholas! Fico muito contente em saber sua opinião.